Importação LCL: o que é e como funciona?

No Comércio Exterior, seja a nível nacional ou mundial, muitos são os tipos de configuração de operação, tanto na importação quanto na exportação. Uma delas é a importação LCL.

E para a modalidade marítima existe uma diferenciação bem clara entre cargas inteiras e cargas fracionadas.

Neste texto abordaremos conceitos e maneiras de trabalhar com as cargas fracionadas, uma vez que esse conhecimento poderá fazer diferença no andamento do seu negócio.

O que é importação LCL?

LCL é a abreviação de Less than a Container Load, que significa dizer que a carga é menor do que a capacidade total de um container. É muito comum chamar esse tipo de carga de fracionada ou consolidada.

Essa modalidade de negócio existe para realizar a operação de alguém que deseja comercializar apenas uma pequena porção ou até mesmo um único item que não ocupe um container cheio, sem a necessidade de arcar com o custo total de sua movimentação.

Diferença entre LCL e FCL

A partir do significado de LCL, é justo que expliquemos também o FCL.

Essa sigla é a abreviação de Full Container Load, que é quando a carga tem potencial volumétrico para ocupar um container inteiro. Há situações em que a carga até poderia ser consolidada, mas o importador/exportador acha melhor transportá-la sozinha em um container.

Não existe melhor ou pior entre LCL e FCL, no entanto, quem está envolvido em uma operação precisa entender a diferença entre as duas para saber qual é a mais adequada à sua necessidade no momento da análise.

É interessante observar que no FCL a dinâmica de embarque acontece de maneira mais ágil, pois a disponibilidade da carga é mais rápida, já que é de um único exportador/importador.

Em contrapartida, a operação LCL depende da consolidação de vários exportadores para vários importadores. Ou seja, demora mais para organizar a recepção e a alocação de carga dessa maneira.

Por outro lado, o LCL não possui o risco de demurrage que o FCL tem; no LCL esse custo é de responsabilidade do consolidador da carga. Em compensação, os riscos de avaria e/ou extravio são muito maiores que no FCL.

Mas reitera-se: não existe melhor ou pior, é preciso analisar cada caso. O FCL terá um melhor custo/benefício para cargas de grande volume, enquanto o LCL será mais vantajoso para cargas de pequeno volume.

Como funciona a importação LCL?

Depois de definir que essa será a operação realizada, é essencial que o contratante esteja atento aos seguintes passos, pois eles serão cruciais para uma melhor análise desse tipo de operação.

É importante destacar que o preço do frete nessa operação é aplicado por peso ou por metragem cúbica: a maior dessas duas variáveis multiplicada pela taxa da consolidadora resultará no valor do frete.

Coleta da mercadoria

A coleta geralmente é de responsabilidade do exportador, que leva a sua mercadoria até o armazém da empresa consolidadora de carga.

Pode ser diferente, tudo dependerá da sigla dos INCOTERMS (Termos Internacionais de Comércio) que foi aplicada na negociação. Toda situação pode ser adequada à necessidade da operação, mas é muito comum que o exportador se responsabilize por essa entrega.

Consolidação no container

O consolidador é o envolvido responsável por juntar as cargas de vários clientes no seu pátio/armazém e alocar as mercadorias em um mesmo container.

Ele deve manter todos os interessados devidamente atualizados sobre cada etapa da operação envolvendo a carga até que ela chegue em seu destino.

Desconsolidação no porto de destino

Por fim, quando o container chega no porto de destino brasileiro (zona primária), ele é transferido para outro terminal alfandegado, o qual usualmente é chamado de porto seco.

Nesse porto seco, o container é aberto para que seja feita a desconsolidação, a fim de separar no armazém o que pertence a cada importador. Assim, será possível iniciar os procedimentos de:

Após o desembaraço aduaneiro e cumprimento das pendências com todos os envolvidos, a mercadoria estará liberada para ser carregada.

A AGL é especialista em importação LCL

Em operações de importação/exportação é fundamental ter parceiros de confiança e especializados para auxiliar em todos os trâmites, o que inclui acompanhar a carga desde a sua saída da origem até a chegada.

E numa operação LCL esse acompanhamento é muito importante, em especial em razão dos riscos de avaria e extravio que a carga está submetida caso não tenha a experiência necessária para se prevenir de situações como estas.

Caso tenha dúvidas sobre qual situação melhor se enquadra na sua operação, a AGL está aqui exatamente para lhe auxiliar nessa análise e na tomada de decisão. Entre em contato conosco para realizar uma cotação e saber mais sobre as melhores opções para você. Afinal, o nosso negócio é levar o sucesso do seu para o mundo!

 

Mais notícias

O que é AOG e como funciona?

A aviação de carga desempenha um papel vital no comércio global há décadas, evoluindo constantemente para atender à crescente demanda por entregas rápidas e confiáveis entre países e continentes. Desde o uso pioneiro de dirigíveis e hidroaviões nas primeiras décadas do século 20 até as atuais frotas inteiras de cargueiros avançados, o setor expandiu e […]

Como a escolha do INCOTERM afeta as suas importações?

No momento da negociação com um fornecedor internacional para importar um produto, uma das etapas cruciais é a definição do Incoterm. Dominar o que este nome significa e entender suas diversas siglas é indispensável para que o importador possa realizar uma compra adequada, já que esses termos estabelecem responsabilidades específicas envolvendo aspectos logísticos, aduaneiros e […]

Como funciona a logística no transporte de vacinas

Sabemos que as vacinas são fundamentais para a saúde pública, especialmente após a pandemia que experienciamos. A logística também é um importante componente da indústria farmacêutica, pois permite que as vacinas cheguem ao seu destino mantendo a qualidade do produto. O transporte de vacinas, principalmente na logística internacional, é um processo complexo que envolve várias […]

Os certificados da IATA, OEA e GDP são evidências da excelência em logística internacional que a AGL Cargo possui.

A AGL Cargo foi fundada em 2005 e desde então vem conectando os negócios de nossos clientes com o mundo. Nossa atuação engloba o transporte de cargas nos modais marítimo, rodoviário e aéreo, e também serviços de armazenagem, seguro de cargas e desembaraço aduaneiro, oferecendo assim aos nossos clientes uma logística de ponta a ponta, que centraliza […]