Como reduzir custos na cadeia de suprimentos?

Entendendo a Cadeia de Suprimentos

De modo bem direto, a Cadeia de Suprimentos (Supply Chain) é a união de todos os processos e etapas que fazem parte do ciclo de vida de um determinado produto, desde a movimentação de seus insumos até a sua entrega no cliente.

Ao esforço de estudar e gerenciar toda esta chamada Cadeia de Suprimentos, é dado o nome de Supply Chain Managment (CSM) ou Gestão da Cadeia de Suprimentos.

A CSM é uma das principais prioridades em qualquer indústria que opera com a industrialização ou revenda de produtos.

Os principais atores envolvidos na cadeia de suprimentos são:

Fluxo da cadeia de importação

Para as empresas que realizam a compra de seus insumos em fornecedores localizados fora do Brasil, o desenho da cadeia de suprimentos é específico e com desafios particulares a este tipo de operação.

É importante destacar que por uma estratégia econômica governamental, as importações são muito mais burocráticas do que operações de exportação, uma vez que o Governo Brasileiro busca incentivar a saída de mercadorias e taxar a entrada de possíveis concorrentes dos fabricantes nacionais.

O fluxo da cadeia na importação se organiza da seguinte forma:

  1. Setor produtivo – A demanda inicial é a partir do setor mais ligado as operações industriais da empresa. Ao detectar-se a carência de alguma matéria-prima, é então acionado o setor responsável para realizar a reposição;
  2. Almoxarifado – A demanda então é repassada ao setor responsável por controlar o estoque de materiais utilizados pela empresa. Sabendo da necessidade de aumentar o estoque disponível deste produto, há então uma requisição ao setor de compras;
  3. Compras – O setor de Compras fica agora encarregado em contactar os fornecedores homologados pela empresa e realizar a negociação com o fornecedor internacional que melhor atende os pré-requisitos e necessidades da empresa;
  4. Comércio Exterior – Com a negociação da compra internacional realizada, a área de Comércio Exterior da empresa é então acionada para realizar todas as etapas de importação dos bens adquiridos, decidindo pelos melhores parceiros logísticos e aduaneiros para realizar a operação;
  5. Logística Internacional – O setor de Comércio Exterior realiza o contato com os fornecedores de serviços logísticos, em muitos casos há neste mesmo parceiro a contratação do serviço de despacho aduaneiro também. Este operador logístico nomeado ficará responsável por realizar o contato com o fornecedor no exterior e realizar toda a operação de movimentação da carga até o local de destino identificado;
  6. Despacho Aduaneiro – Juntamente com a contratação do frete internacional, é realizado o contato com o prestador de serviços aduaneiros da empresa que dá início à emissão de documentos e licenças exigidas legalmente;
  7. Fiscal e Financeiro – Em paralelo a todos estes procedimentos, o setor responsável pelos controles fiscais e financeiros da empresa importadora realiza os processos de emissões de notas fiscais, recolhimentos de impostos, alocação de recursos, pagamentos de fornecedores e muitos outros procedimentos necessários;
  8. Logística Nacional – Após a chegada do insumo ao Brasil e nacionalização efetuada, há a contratação do frete de deslocamento desta mercadoria até o local de descarga desejada;
  9. Chegada do insumo – Assim o ciclo da cadeia é finalizado uma vez que a carga é movimentada até o almoxarifado, registrada e redistribuída até o setor de produção onde a demanda foi iniciada.

Fluxo da cadeia de exportação

No caso de empresas que são fornecedoras de insumos ou produtos acabados para empresas localizadas fora do Brasil, o fluxo da cadeia tem similaridades, porém se inicia através de outro setor.

O fluxo da cadeia na exportação se organiza da seguinte forma:

  1. Comercial – A demanda é iniciada através do setor de vendas internacionais que ao receber uma nova demanda de um cliente conquistado, faz o repasse das informações pertinentes à negociação para a área de comércio exterior;
  2. Comércio Exterior – A equipe de exportação da empresa realiza então o contato com a área de produção da empresa para ter a informação de prontidão da mercadoria negociada e disponibilidade dela para envio;
  3. Expedição – Havendo a mercadoria disponível para envio, o setor de expedição realiza todo o empacotamento da carga, se preocupando com a embalagem e forma de manuseio ideal a ser utilizada para o embarque;
  4. Logística Nacional – O setor responsável pela logística da empresa realiza o contato com o transportador que irá movimentar a carga até o local de embarque, alinhando todos os aspectos da operação;
  5. Despacho Aduaneiro – Em paralelo, o despachante aduaneiro da empresa (interno ou terceiro) é contatado, para dar início às demandas aduaneiras para devida liberação da mercadoria na passagem pela alfandega;
  6. Logística Internacional – Ainda através do setor de comércio exterior da empresa, é contratado a melhor opção de frete internacional para o envio da mercadoria até o local de entrega combinado;
  7. Fiscal e Financeiro – Em paralelo a todas estas atividades listada anteriormente, os times fiscal e financeiro cuidam de todos os procedimentos de emissão fiscal, pagamentos, numerários e impostos recolhidos para boa ordem;
  8. Chegada da mercaria – A entrega é então realizada no local combinado com o cliente e o fluxo da cadeia se encerra, portanto.

Principais custos e como reduzi-los

Como pudemos ver, há uma série de etapas a serem cumpridas e em cada uma delas há muitos custos que podem ocorrer e precisam ter a atenção devida para que sejam evitados ou minimizados.

Logística Nacional

Caso ocorra uma programação incorreta de uma coleta de mercadoria na empresa, onde o transportador se dirija até a empresa e não tenha ainda a mercadoria pronta para coletar ou não esteja dentro das condições necessárias para transporte (paletização, embalagem; etiquetas etc), há a ocorrência de custos com o deslocamento do transportador e atrasos nesta etapa significam possíveis custos nas etapas posteriores.

A melhor forma de reduzir custos neste caso é o time de expedição estar devidamente informado acerca das reais datas negociadas e instruções de despacho da mercadoria.

Logística Internacional

Há na logística internacional uma série de custos que podem ocorrer. Os fretes internacionais hoje representam em torne de 30% de todos os custos envolvidos em uma operação internacional, por isso contar com parceiros de confiança e que passem os reais custos ocasionados.

A melhor forma de evitar custos neste caso é tendo um time interno experiente acerca do mercado de logística internacional, e contar com a parceria de empresas idôneas que irão realmente buscar as melhores condições de espaço, tarifas e equipamentos para sua operação.

Liberações Aduaneiras

Os custos aduaneiros são em sua maioria multas por não conformidades legais.

Variando de R$ 500,00 até passando o valor de R$ 10.000,00, estas multas podem tornar uma operação que tinha muita importância em um tremendo prejuízo sem precedentes.

Além das multas, as liberações aduaneiras são fatos geradores de outros custos diversos, uma vez que sem o cumprimento das exigências legais, a carga é totalmente impedida de ser movimentada.

A melhor forma de reduzir custos neste quesito é através da implantação de uma política de compliance aduaneiro na empresa, que impacte na contratação de despachantes aduaneiros, equipe interna, plataformas de gestão de processos e ajuste de procedimentos internos visando a conformidade e redução dos riscos.

Armazenagem

Os custos com armazenagem são normalmente diários, ou seja, é uma torneira aberta que “escorre dinheiro” todos os dias.

Os principais cuidados são a atenção aos prazos de freetime concedidos pelos operadores logísticos, veja se não vale a pena pagar um pouco a mais de início para obter melhores condições de prazos para sua operação.

Importante também saber que se caso o produto que sua empresa movimenta necessite de algum tratamento diferenciado exigido pelos órgãos anuentes, uma negociação de uma tabela de armazenagem junto à um terminal alfandegado por ser uma solução que reduza os custos e riscos.

Demurrage e Detention

Estes são os custos mais temidos, por se tratar de custos cobrados em moeda estrangeira (Dólar normalmente) e serem cobrados pelos Armadores, com quem dificilmente se obtém algum tipo de flexibilização para pagamento e na inadimplência há o travamento de todas as operações em curso e futuras.

Para reduzir custos, não segredos. É necessária uma gestão apurada de cada etapa da cadeia de suprimentos e um acompanhamento muito próximo junto aos parceiros logísticos e aduaneiros da empresa.

A atenção e repasse dos prazos previamente contratados são um fator chave para a ocorrência destes custos.

No caso da detention, certifique-se sempre junto aos responsáveis pela estufagem, se há de fato as condições ideais para realizar a operação dentro das condições necessárias.

Já no caso de demurrage, um fator chave é a antecipação e planejamento compartilhado. O quanto antes as tramitações de liberações de nacionalização, planejamento logístico e de recebimento da carga na sua empresa, maior a probabilidade de o container ser liberado na maior brevidade possível.

E então, gostou de saber um pouco mais sobre a cadeia de suprimentos e cuidados importantes a serem tomados?

A dica final é investir em uma política de gerenciamento de riscos e opte sempre por prestadores de serviço que possuam experiencia comprovada e o desejo de serem mais que meros fornecedores, mas parceiros estratégicos de negócios.

Fale com nossa equipe e conheça algumas de nossas soluções para a cadeia de suprimentos da sua empresa.

Mais notícias

Custos na cadeia de suprimentos

Como reduzir custos na cadeia de suprimentos?

Entendendo a Cadeia de Suprimentos De modo bem direto, a Cadeia de Suprimentos (Supply Chain) é a união de todos os processos e etapas que fazem parte do ciclo de vida de um determinado produto, desde a movimentação de seus insumos até a sua entrega no cliente. Ao esforço de estudar e gerenciar toda esta […]

Blank Sailing: o que é e quais as consequências que isso pode trazer para o seu embarque?

Se a sua empresa possui operações recorrentes de importação ou exportação, invariavelmente já deve ter ouvido falar nos famosos blank sailing, correto? 

O agente de cargas e a sua importância na logística internacional

Entenda neste texto o que é logística internacional, quais são as principais atividades de um agente de cargas e a sua importância nesse contexto.

Logística 4.0: conheça o conceito e os seus benefícios

Conheça o conceito da Logística 4.0, seu objetivo, os desafios, as tecnologias, os benefícios e como a sua empresa deve se preparar para essa realidade.

Carga perecível: como funciona a operação aérea?

Entenda o que é uma carga perecível, quais são as condições e restrições para o seu transporte, como funciona o transporte aéreo e as suas vantagens.

Desembaraço Aduaneiro e suas peculiaridades

Neste texto sobre desembaraço aduaneiro, falamos de: o que é, diferença entre despacho e desembaraço, documentos necessários, modalidades etc.

Logística de Commodities: o que você precisa saber?

Neste texto sobre Logística de Commodities, falamos de: o que são commodities, como funciona a logística e a importância de ela ser integrada etc.

Indústria farmacêutica: como escolher o melhor operador logístico?

Neste texto sobre indústria farmacêutica, falamos de: O que é, a importância do Operador Logístico na indústria farmacêutica etc.

Embalagens para exportação: entenda tudo sobre o assunto!

Neste texto sobre embalagens para exportação, falamos de: O que são, quais os tipos, suas regras e seus padrões, transporte etc.

Transporte de Baterias: quais são as regras do modal aéreo

Neste texto sobre transporte de baterias, falamos de: Transporte de Baterias: por que é considerado extremamente perigoso, Enquadramento ONU etc.

Parcerias comerciais no Comércio Exterior: quais critérios para escolha?

Neste texto sobre parcerias comerciais no Comércio Exterior, falamos de: o que são parcerias comerciais no Comércio Exterior e qual sua importância etc.

Certificação OEA: entenda como o agente de cargas pode contribuir nas suas operações logísticas

Neste texto sobre certificação OEA, falamos de: O que é o programa de Certificação OEA, quais são os tipos, qual é a importância etc.

Licença de Importação: o que é e como obter?

Neste texto sobre Licença de Importação, falamos de: O que é, quais são os tipos, para o que serve, como saber se um produto precisa de uma etc.

Embalagens de madeira: saiba tudo sobre a certificação, a norma e a fiscalização

Neste texto sobre embalagens de madeira, falamos de: qual o objetivo da normatização das embalagens de madeira, principais aspectos da normatização etc.

O que muda com o fim da emergência de saúde pública relacionada à Covid-19

Há cerca de um mês o Ministério da Saúde (MS) posicionou-se formalmente sobre o fim do estado de emergência de saúde pública nacional por causa da Covid-19, instaurado em fevereiro de 2020. Este estado de emergência, que é uma medida sanitária, foi determinado com a finalidade de diminuir a burocracia na contratação de profissionais de […]

Termos do transporte rodoviário que você precisa saber (Parte 2)

Hoje daremos continuidade aos termos do transporte rodoviário com a segunda parte de mais um texto da série “termos que você precisa saber”, assim destinado para quem trabalha como agente de carga nas importações e nas exportações do Comércio Exterior.  Glossário dos termos de transporte rodoviário  Antes de tudo, para uma melhor organização, o texto […]

Logística Aérea: conheça o panorama no Brasil

Este texto traz a importância estratégica da logística aérea para o Brasil a fim de que a infraestrutura no Comércio Exterior funcione de forma adequada.  Por esse motivo, é interessante que tanto as empresas importadoras e exportadoras, quanto os profissionais que atuam no Comércio Exterior, conheçam bem os detalhes dessa logística para entender melhor sobre […]

Logística Automotiva: o que você precisa saber

A logística empresarial é responsável por etapas essenciais, por ser a área que planeja e executa a movimentação de cargas nas importações e nas exportações. Por outro lado, o segmento da logística automotiva separa, prepara e despacha pedidos de maneira ampla, sempre atento à continuidade na linha de produção.  Então, para atender tantas exigências é […]

Agente de Cargas: qual sua importância no Comércio Exterior?

O Agente de Cargas tem uma importância enorme no Comércio Exterior, pois é por meio dele que os embarques acontecem. Muitas vezes problemas que se tornariam uma grande dor de cabeça para os importadores ou exportadores são solucionados sem estes ao menos saberem.  Embora muitos não os creditem pela eficiência em seus embarques, são eles […]

Quais os maiores armadores de carga do mundo?

Você sabe dizer quais são os maiores armadores de carga do mundo? Além disso, sabe qual o tamanho da capacidade deles no Comércio Exterior?  Sabia que eles fazem parcerias e alianças a fim de se apresentarem mais competitivos ao mercado?  Por isso, se este é um assunto que você não domina, saiba que está no […]

Termos do transporte aéreo que você precisa saber

Você sabe quais são os principais termos do transporte aéreo?  Esse texto faz parte de nossa série sobre termos do transporte, na qual já abordamos outros modais anteriormente, por isso hoje você vai conhecer aqueles utilizados no transporte aéreo.  O modal aéreo oferece inúmeras vantagens no frete de uma mercadoria, tanto de um país para […]

Carga Perigosa: o que é e como funciona o transporte internacional?

Você com certeza já ouviu falar sobre esse assunto, mas afinal o que é Carga Perigosa e no que isso influencia em seu transporte?  Este é um tema que gera muitas dúvidas para o importador ou exportador, principalmente para aquele que está começando a trabalhar com esse tipo de produto.  E por esse motivo vamos […]

Aéreo e LCL: como escolher entre os 2?

Dois tipos de importação em um universo com n possibilidades: como escolher entre aéreo e LCL é uma dúvida recorrente para quem é importador.  Fazer o corte entre essas opções e saber os prós e contras de cada uma pode proporcionar uma economia de custos, não só financeiro, mas também de tempo (agilidade e rapidez […]

Termos do transporte marítimo que você precisa saber

O transporte marítimo é a principal forma de transporte utilizada no Comércio Exterior. Quem trabalha na área conhece toda a conversa dos contêineres, navios, portos, rolagens e tudo o mais que faz parte do jargão profissional.  Para quem ainda não sabe muito sobre o assunto, nunca é tarde para aprender! Por isso, voltamos com o […]

Termos do Conhecimento de Embarque que você precisa conhece

Você trabalha com Comércio Exterior? Então você precisa conhecer os termos do Conhecimento de Embarque.  Se você está entrando agora nessa área, já fique sabendo que “Conhecimento de Embarque” não significa toda a sabedoria acumulada que alguém possui a respeito de logística. Na verdade, esse é o nome de um dos documentos mais importantes de […]

Agente de Carga IATA: por que contratar?

Primeiramente, no mundo da logística internacional, o transporte aéreo é a melhor opção para quem deseja rapidez e segurança no deslocamento de cargas que estão a milhares de quilômetros de distância. Mas não é o bastante: para quem pretende operar nesse modal com segurança é fundamental atuar em conjunto com um agente de carga IATA.  […]

Transporte Rodoviário no Comércio Exterior: qual a situação atual?

O transporte rodoviário no Comércio Exterior é aquele que movimenta cargas pelas rodovias nacionais e internacionais por meio da utilização de veículos automotores com tamanhos e capacidades variadas, conforme o tipo e a pesagem da mercadoria a ser transportada.   Esse modal tem suas vantagens particulares perante os demais tipos de transporte, pois é muito recomendado para transportar […]

Termos do transporte rodoviário que você precisa saber (Parte 1)

Este texto da série “termos do transporte que você precisa saber” traz o significado dos termos essenciais do transporte rodoviário para agentes de cargas que trabalham tanto com importadores quanto com exportadores nas movimentações do Comércio Exterior.  Assim como em todos os segmentos, os termos e siglas específicos nos transportes também são importantes para muitos […]

Carga Perigosa: o que é e como funciona o transporte internacional?

Você com certeza já ouviu falar sobre esse assunto, mas afinal o que é Carga Perigosa e no que isso influencia em seu transporte?  Este é um tema que gera muitas dúvidas para o importador ou exportador, principalmente para aquele que está começando a trabalhar com esse tipo de produto.  E por esse motivo vamos […]

Como aplicar melhoria contínua no Comércio Exterior? 

Como aplicar melhoria contínua no Comércio Exterior?  Assim como a linha de produção de uma fábrica, cada etapa de um processo de importação ou exportação precisa ser executada de forma precisa, a fim de garantir o cumprimento de prazos e excelência na etapa seguinte. Para que isso aconteça podemos aplicar os conceitos da melhoria contínua […]

Draft do BL: como conferir?

O draft do BL existe para que o BL, apelido do Bill of Lading (o Conhecimento de Embarque), seja emitido.  Este é um dos documentos mais importantes nas operações de importação e exportação, pois é ele que define quem tem a posse do material embarcado, o valor da operação do transporte, o que está sendo […]

Cadeia fria: Como mudar do modal aéreo para o marítimo de forma simples e segura

Se tem algo que a pandemia de covid-19 fez foi diminuir a oferta de serviços de transporte nos modais aéreos e marítimos de qualquer lugar do mundo. Com o acúmulo de cargas desde meados de 2020 pelo mundo precisando ser escoadas, a volta à normalidade dos serviços não acontecerá antes de 2024, afirmam especialistas. Com a diminuição […]

AGL CARGO revoluciona o mercado oferecendo desembaraço aduaneiro por performance

O tempo de liberação aduaneira é fator determinante para uma operação bem-sucedida e viavelmente econômica.
Quanto mais rápida uma carga for liberada pela alfândega, menores serão os custos, por este motivo, os especialistas da AGL Cargo, lançaram uma modalidade de serviço de desembaraço aduaneiro baseado em tempo de liberação aduaneira.

Avaria Grossa: o que é e como se proteger?

Quem não se lembra dos emblemáticos casos do Maersk Londrina em 2015 ou do recente acontecimento relacionado ao navio Ever Given no Canal de Suez em 2021? Situações extraordinárias nas quais a ação humana é necessária para manter a segurança do navio e suas cargas: é aí que a Avaria Grossa se faz presente. Vamos […]

Carga Projeto: o que é e como funciona a operação?

O Brasil tem grandes indústrias cujos segmentos variam desde grandes fábricas de automóveis e fábricas de aviões a usinas hidrelétricas, refinarias, plataformas petrolíferas, usinas eólicas e centenas de outros setores. Em comum, todas elas demandam grandes equipamentos ou peças de grandes dimensões para seu funcionamento, características da Carga Projeto. Trata-se de uma modalidade de transporte […]

Importação LCL: o que é e como funciona?

No Comércio Exterior, seja a nível nacional ou mundial, muitos são os tipos de configuração de operação, tanto na importação quanto na exportação. Uma delas é a importação LCL. E para a modalidade marítima existe uma diferenciação bem clara entre cargas inteiras e cargas fracionadas. Neste texto abordaremos conceitos e maneiras de trabalhar com as […]

Trânsito Aduaneiro: o que é e como funciona?

Primeiramente no Comércio Exterior brasileiro existem algumas alternativas de atendimento diferenciado às cargas importadas ou exportadas. A estas situações é atribuído o nome de Regimes Aduaneiros Especiais (RAE). Dentre os mais diversos tipos, neste texto falaremos sobre o RAE que talvez seja o mais utilizado no dia a dia de importadores e exportadores: o Trânsito […]

Logística Internacional na Pandemia: as fases do caos, por Jackson Campos

O leitor que chegou até aqui conseguiu concluir que existe um padrão: entramos sempre no círculo entre correr atrás de um item para combate à Covid-19 e tentar adivinhar qual será o próximo a faltar.

AGL CARGO se associa ao Sindusfarma para fortalecer seu compromisso com o mercado farmacêutico

Sabendo que a Sindusfarma é a principal entidade no setor e que possui um prêmio que avalia quem são os prestadores de serviços alinhados com as exigências da indústria, a AGL Cargo se associou à instituição para ratificar seu compromisso com a segurança dos pacientes que utilizam os medicamentos transportados por ela.

AGL Cargo busca reduzir até 30% no custo logístico consolidando cargas na Europa

“Transparência sempre foi a marca registrada da AGL Cargo e com esse objetivo que lançamos este serviço totalmente qualificado, em conformidade com as RDC 430/20 e 301/19, de ponta a ponta”, afirma Francielle Mantovani, farmacêutica responsável pela qualidade e processos na AGL Cargo.

AGL CARGO transporta mais um avião com IFA para a Brainfarma

AGL Cargo reforçou seu compromisso com a saúde brasileira e sendo uma das pioneiras em oferecer soluções inovadoras ao mercado e desta vez mostrou novamente sua solidez com uma opção de afretamento de aeronave, mais conhecido como charter, justamente para auxiliar os importadores a importarem suas cargas com dinamismo e velocidade.

Como são as boas práticas no transporte internacional de produtos para a saúde?

Entende-se como boa prática, aquilo de mínimo que se pode fazer para que algo seja entregue dentro do aceitável em termos de qualidade. Isso quer dizer que, ainda que não houvesse leis e regras, determinadas empresas seguiriam altos padrões de excelência em seus processos apenas para reforçar seu compromisso com o consumidor final.

O que o Agente de Carga precisa para cotar frete internacional?

Confira nesse texto todas as informações necessárias que um agente de cargas como a AGL Cargo precisa para cotar seu frete internacional o mais rápido possível.

O que é Agente de Cargas no Comércio Exterior?

Entenda nesse artigo o que é um agente de cargas no comércio exterior, sua importância e quais os principais serviços que a AGL Cargo presta.

Seguro de Transporte no Comércio Exterior: quanto custa e do que ele me protege?

O Comércio Exterior nos incentiva planejar passo a passo para que uma operação flua o mais harmoniosamente possível, e um desses passos é a contratação do Seguro de Transporte que, apesar de barato, importante e afetar pouquíssimo na rotina das Importações e Exportações, ainda é tratado como um custo que pode ser economizado e não […]